Posicionada como a quarta maior agência do mundo, com 300 escritórios em 87 países, ela foi relançada como a nova companhia de um bilhão de dólares.

Sim! é da J. W. Thompson a história de quem vamos contar!

A Thompson internacional

 

Antes de chegar ao Brasil, a JW Thompson já tinha muitos anos de atividade nos Estados Unidos. Em 1864 criou se o que seria o seu embrião, uma empresa chamada de Carlton and Smith, agencia especializada em vedas de espaços em revistas religiosas sediada em Nova York.

Alguns anos mais tarde, em 1868, o jovem James Walter Thompson com 24 anos, depois de alguns anos na marinha norte-americana, foi contratado pela Carlton and Smith, que seria comprada por ele nove anos depois por quinhentos dólares.

Sobre nova direção a empresa promove benefícios a publicidade e atrai compradores para espaços em suas listas de publicações. Para desenvolver conteúdo para os anúncios, contrata escritores e artistas para formar o primeiro departamento de criação, motivo pelo qual a empresa é lembrada como “pai da moderna publicidade de revista”. Em 1889 a JW Thompson se vangloria de ser responsável por oitenta por cento de toda a atividade publicitária nos Estados Unidos.

Em 1900, a agência desenvolve seu departamento de pesquisa e cria o que seria a primeira pesquisa de mercado da historia.

A partir de 1920, a agência chega a America-Latina dando abertura a uma agencia na Argentina, e no Brasil em 1929. Vale citar também que, com a chegada do rádio a Thompson foi pioneira na utilização do novo meio. Na década de 1930 a Thompson se tornou líder na utilização do radio como meio de comunicação e venda, e anos mais tarde também desenvolveu o primeiro comercial da historia da televisão.

 

A Thompson no Brasil

 

Em pleno desenvolvimento da crise econômica mundial de 1929, a JW Thompson chegou ao Brasil, sendo a primeira agencia a encarar esse desafio. A Thompson foi pioneira na introdução da fotografia nos anúncios brasileiros. Presença também marcante nos anos iniciais da JW Thompson no Brasil, Renato Castelo Branco, que ingressou na Thompson em 1939, embora trabalhando grande parte da sua vida com a publicidade, sempre esteve atento aos problemas sociais e via na publicidade uma maneira de fazer a diferença nesse quadro e soube como fazer. A Thompson lidera o mercado publicitario brasileiro durante anos.

 Principais Clientes

Desde sua fundação a J.W.T. tem sido responsavel pelo atendimento de marcas lideres no mercado, entre elas estão:

Shell, Nokia, Marie Claire, Wal-Mart, Época, Ford, Gazeta Mercantil, Hospital do Câncer, Instituto Ayrton Senna, Losango, Johnson & Johnson, Bayer, HSBC, Unilever, Warner Bros, Nestlé e a partir de 2006 conquistou também a conta de toda a América Latina da Coca-Cola.